Ouça a Independente AM ao vivo!
 
 

 

21/01/2009 - Alguém lembra destes jogadores ?

Ederson Honorato Campos, 23 anos recém completos, é o novo xodó no maior clube francês. O meia é titular no Lyon, da França, e apontado como possível substituto de Juninho Pernambucano.

Joga com a camisa 7 e neste último final de semana marcou gol pela equipe do Lyon, que lidera o campeonato.

Ederson começou sua carreira no RS Futebol. Teve uma passagem-relâmpago pelo Inter em 2003 e jogou no Juventude em 2004. Não foi tão brilhante quanto na França, onde atuou pelo Nice.

Em janeiro do ano passado foi negociado com o Lyon, num valor grande de 15 milhões de euros. Era assediado por Manchester United e Real Madrid.

Ederson foi campeão pela seleção sub-17 em 2003. Pintou como craque, mas agora estoura na Europa.

Amato:

Amato desfila todo seu oportunismo no showbol.

Contratado a peso de ouro pelo Grêmio em 2000, Amato fracassou no Olímpico.

Ele veio do Glasgow Rangers da Escócia, trazido na era ISL do Grêmio. No entanto, jogou muito mal aqui em Porto Alegre.

O jogador está com 38 anos e parou de jogar no ano de 2004, no Banfield. Amato colecionou clubes em sua carreira: foram 14 equipes, incluindo as grandes Boca, River e Independiente.

Hoje, é colega de Mancuso, Maradona, Gamboa e outros nas partidas do showbol.

Sandoval (foto)
O Sergipano Sandoval Luiz de Oliveira abandonou o futebol. Em 2005, deciciu largar a atividade e se mudar de vez para a pequena Porto da Folha (SE).

No Inter, foi destaque na campanha do Campeonato Brasileiro de 1997. O técnico era Celso Roth e Sandoval era o responsável por fazer a ligação para o ataque.

O "formiguinha" Sandoval não era muito de fazer gols. No Inter, fez 36 jogos e marcou 6 gols.

Sandoval foi um andarilho da bola. Jogou no Sergipe, Rio Branco-SP, Guarani, Coritiba, Atlético-PR, Santo André, São Paulo, Goiás, América-SP, Vitória, Bahia e Sport.

Seu último clube foi o Guarani de Porto da Folha (SE).


Adriano

Zagueiro com potencial, Adriano surgiu no Grêmio em 2002/2003. Foi convocado por Ricardo Gomes para a seleção olímpica e depois foi para a Europa, em litígio com o Grêmio.

Adriano Pereira da Silva está com 26 anos. Foi buscado pelo Grêmio do Democrata de Sete Lagoas-MG. O baiano atuou na Europa pelo Palermo, Atalanta e atualmente defende o Monaco, treinado por Ricardo Gomes.

Adriano na maioria das partidas é titular do Monaco. Vem fazendo boa campanha no clube francês. Há chances deste jogador se transferir para um clube maior na próxima temporada.

Na França, o Monaco ocupa apenas uma posição intermediária na tabela (após 18 rodadas, era o 12º colocado).


João Gabriel

Aos 31 anos, João Gabriel não joga mais futebol.

O ex-goleiro do Inter largou a carreira há três anos para virar advogado.

João Gabriel antecedeu Clemer como dono da camisa nº 1 do Inter. Em 2002, entretanto, sofreu uma lesão pouco comum, o rompimento de um músculo abdominal.

Em 2005, defendeu o Mogi-Mirim no Campeonato Paulista. Ao mesmo tempo, cursava Direito. Preferiu encarar a profissão de advogado.

João Gabriel Möeller Demeneghi tem um escritório de advocacia em Porto Alegre. Foi titular do Inter em 1999/2000. Depois, perdeu a posição para Hiran e posteriormente para Clemer.


Didi

Tem muito jogador bom que se queixa de não ter recebido chance em time grande.

Definitivamente, não é o caso de Sebastião Pereira Nascimento, o Didi.

Ex-atacante de Sport, Corinthians e Internacional, passou por vários clubes grandes do Brasil e na Europa sem deixar saudade.

Pelo contrário. Didi acumulou uma série de fracassos, problemas de peso e questões extra-campo, como no episódio em que foi dispensado do Internacional, que foi caso de polícia.

Didi foi contratado pelo Bahia no início deste ano. Saiu de forma amigável, indo mal dentro de campo mesmo.

O jogador se profissionalizou no Sport em 1996, e "estourou" no Brasileirão de 1997, quando marcou 12 gols. O sucesso levou o atleta para o Corinthians. Lá, foi Campeão Paulista e Brasileiro, em 1998, como reserva. Jogou no Stuttgart (ALE), de 1999 a 2001. Passou a temporada 2002 no Bussan, da Coréia do Sul. Em 2003, voltou ao Brasil para defender o Ituano

Em 2004, "passou" pelo Inter. Depois, jogou três temporadas no futebol mexicano.

Tem seu passe vinculado ao Unión Deportiva Salamanca, do México. Está com 32 anos.

Elton

Elton Giovanni Machado está no Atlético-MG. Indicado pelo técnico Alexandre Gallo, o ex-meia do Grêmio agora é fixado como volante e ficou muito tempo contundido.

O jogador recebeu a confiança do técnico Márcio Araújo e vem fazendo vários jogos como titular.

Elton surgiu no Grêmio num período difícil. Prematuramente projetado ao time profissional, participou das campanhas de 2003 e 2004, ano em que o clube foi rebaixado para a Série B.

Depois, passou por Santos (chegou a usar a 10 de Pelé), Alavés-ESP e Figueirense.

Ele tem 25 anos e contabiliza no currículo passagem pela seleção sub-20.


Busca de notícias      










Todos direitos reservados 2019 - Desenvolvido pela Williarts Internet